sábado, 24 de setembro de 2016

Carta a Todos os Corpos de Anciãos

A Torre de Vigia enviou recentemente uma carta a todos os Corpos de Anciãos na qual solicita que as congregações custeiem uma especie de seguros das propriedades, como Salões do Reino, Salões de Assembleias e prédios da filial (seguro oficialmente chamado Arranjo de Assistência Global - AAG). 


Editada em 27-9-2016 para incluir a versão da carta emitida pela filial da Torre de Vigia no Brasil. Clique para acessar

Entre os gastos previstos estão custos com umidade, incêndios, desastres naturais e vandalismo. 

Para este ano de serviço, que começou neste mês de setembro, o valor por publicador é de 3 euros (ou cerca de 11 reais). 

Os anciãos devem se reunir e decidir, de acordo com a condição financeira da congregação, se doarão a média (3 euros por publicador), menos ou mais. Depois disso farão uma resolução para anunciar à congregação juntamente com a leitura desta carta (que não deverá ser fixada no quadro de anúncios. 
Por que será? Para não correr o risco de alguma Testemunha apoderar-se dela e disponibilizar na internet?).

Mas aqui é que está o pulo do gato.


Como se pode ler acima, os donativos são destinados a cobrir os custos de atividade teocrática, inclusive AAG. Em razão disso, algumas congregações poderão escolher doar um valor acima da média.


E por que digo que isso é o pulo do gato? Porque isso permite à Torre gastar o dinheiro com o que ela bem entender, e numa hora de emergência, como um terremoto ou furação, simplesmente fazer arranjos às pressas para mais donativos, como medicamentos, alimentos, remédios, mão de obra e transporte. 

Ou não?   



Conheça melhor as Testemunhas de Jeová lendo o meu livro
Testemunhas de Jeová - o que elas não lhe contam?
Opções de download aqui. 

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

'Soubemos de algo a seu respeito'

Congregação francesa-gardedeu 15057

Carddeu, 10 de setembro de 2016. 
Ao Sr, Miguel García López

Respeitado Sr. Miguel Garcia Lopez

Entramos em contato com você para informá-lo de que temos recebido da parte de xxxxxxxxxx uma carta na qual se relata que você tem tido relações sexuais fora do matrimônio. 

Em razão disso, convidá-lo para uma comissão judicativa é nossa responsabilidade. 

Tentamos entrar em contato com você de diversas maneiras, porém não foi possível. Desejamos que esteja presente no próximo dia 26 de setembro, no Salão do Reino das Testemunhas de Jeová de Cardeneu, às 19h, (C/Barcelona, 100, 08440, Cardedeu).

Em caso de não puder comparecer, informe-os por escrito, através do endereço eletrônico no cabeçalho desta carta.

Por outro lado, caso não mais seja seu desejo ser reconhecido como Testemunha de Jeová, necessitamos que nos forneça uma declaração por escrita e assinada, para que conste em nossos arquivos. Agradecemos por sua colaboração neste assunto. 

Sem mais a tratar, despedimo-nos.

Atenciosamente,

Congregação francesa – Cardedeu

Documento disponibilizado pelo fórum espanhol



Atualização em 4-10-2016:


Conheça melhor as Testemunhas de Jeová lendo o meu livro
Testemunhas de Jeová - o que elas não lhe contam?
Opções de download aqui

domingo, 11 de setembro de 2016

Testemunha de Jeová abusava há 8 meses de menina de 9 anos

No dia 22 de agosto passado, Javier Sánchez Gil, da Colômbia, foi conduzido até a delegacia de sua cidade, onde lhe foi apresentado a acusação de que ele estava abusando de uma menina de 9 anos, que era sua vizinha. 

Os pais da menor desenvolveram amizade com seus vizinhos, que são Testemunhas de Jeová, e desde há algum tempo vinham deixando a menina com essa família enquanto iam trabalhar. Em um dia de junho, quando chegou do trabalho, a mãe foi à casa de Javier buscar a sua filha, mas foi informada por ele que ela não se encontrava por lá, o que lhe pareceu muito estranho. Algum tempo depois, ao lavar a roupa íntima de sua filha, a mãe encontrou manchas de sangue, e teve assim a certeza de que sua filha estava sendo abusada por Javier. Logo correu a contar aos anciãos e eles lhe teriam dito que já sabiam, pois Javier se antecipara e contara a eles. Em seguida a mãe levou o caso às autoridades, quando então, ao ouvirem a menor, ficou-se a saber que os abusos já ocorriam desde janeiro deste ano, e que, possivelmente, há pelo menos uma segunda vítima de Javier. Na delegacia, Javier não aceitou as acusações, mas ainda assim foi encaminhado para a prisão. As investigações continuam. 



Conheça melhor as Testemunhas de Jeová lendo o meu livro
Testemunhas de Jeová - o que elas não te contam?
Opções de download aqui. 


sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Falhas de segurança no site JW.ORG.

O site JWSurvey publicou no dia de ontem uma nota sobre falhas de segurança no site da Torre.
Trata-se de uma carta dirigida às congregações da Nigéria, na qual se constata o uso de termos nada amigáveis, fora do costume nas cartas da Torre. Isso sinaliza que a situação está em um nível que a organização considera inaceitável.

Em geral, a carta alerta para os seguintes problemas>
1 - anciãos têm repassado a terceiros as suas senhas de acesso simplesmente por que eles não têm domínio da tecnologia.
2 - Tem sido dado a Servos Ministeriais o acesso pleno a arquivos que, de direito, cabe a apenas anciãos.
3 - mesmo a pessoas que foram desqualificadas, tornando-se assim inaptas para o acesso a assuntos restritos, tem sido permitido continuar com seu acesso ao site.
4 - em algumas congregações, apenas uma pessoa tem acesso ao site, o que significa que, caso ela seja desassociada ou morra, a congregação fica sem poder dispor dos recursos do site.
5 - alguns tem dado suas senhas a Servos Ministeriais, familiares e atendentes de lan house.
6 - em alguns casos, arquivos judicativos e outros assuntos sensíveis têm sido enviados para departamentos inteiros de betel, fazendo com que pessoas não autorizadas tenham acesso a eles, inclusive irmãs.
Em conclusão, o site JWSurvey sugere que um sistema de segurança só é confiável na mesma proporção em que se pode confiar nas pessoas que o operam. E a Torre de Vigia, em razão de sua política de ostracismo social imposta a ex-membros, tem mantido em seu meio pessoas que não mais tem nenhuma disposição em servi-la e, ao contrário, tornam-se o verdadeiro problema para a Torre de Vigia, quando - propositadamente - tornam público os seus arquivos mais secretos.
"Afinal, como acha o leitor que tivemos acesso a esta carta?"


Conheça melhor as Testemunhas de Jeová lendo o meu livro
Testemunhas de Jeová - o que elas não te contam? 
Opções de download aqui

domingo, 4 de setembro de 2016

Quando a Torre de Vigia cometeu fornicação

Se há um segredo que a Torre de Vigia gostaria de levar para o túmulo, esse seria a sua relação adúltera com as Nações Unidas. Ela já confessou isso, mas apenas em cartas dirigidas a pessoas que questionam diretamente aos escritórios; a grande maioria das Testemunhas, se sabem de alguma coisa, põem na conta dos apóstatas, tal qual lhes orientam a Torre de Vigia. 

Mas esse segredo está agora exposto na internet, ao alcance de cada Testemunha de Jeová. 

O que segue são as duas reportagens do jornal britânico The Guardian, bem como um link de uma página mantida pela ONU, onde é possível baixar um arquivo PDF. 

Nesta reportagem, datada de 8 de outubro de 2001, o jornal torna de conhecimento público o segredo que era guardado a sete chaves, fazendo com que Testemunhas inundassem o escritório da ONU com perguntas visando saber se as informações eram verdadeiras. 



Logo em seguida, a Torre de Vigia pediu desligamento da ONU, depois de 9 anos associada a ela. Como razão, alegou que as normas então vigentes tornava sua associação incompatível com sua política de neutralidade - o que foi claramente desmascarado por investigações que revelaram não ter havido nenhuma modificação nos regulamentos da ONU, o que tornava imprópria a sua associação com a ONU já desde o começo. 

O desligamento da Torre de Vigia com a ONU foi noticiado em uma segunda reportagem do jornal The Guardian, com data de 15 de outubro de 2001. 



Em razão das muitas perguntas que chegavam ao escritório da ONU sobre esse assunto, a entidade viu a necessidade de disponibilizar uma declaração pública confirmando a noticia do The Guardian.  






Baixa o meu livro e saiba de todos os detalhes da ligação adúltera da Torre de Vigia com uma organização política. 

Testemunhas de Jeová - o que elas não lhe contam?
Opções de download aqui


sábado, 3 de setembro de 2016

Paraíso e demônios


Eternal Flame é a música "mundana" tocada no vídeo do paraíso neste congresso de 2016.


Compare:






Para você, que quando era adolescente e teve seus CD's e DVD's vistoriados por um Superintendente de Circuito, que o aconselhou a jogá-los no lixo apenas em razão de que havia uma só música imprópria, você agora talvez se surpreenda ao saber quais são outras músicas da banda Audiomachine, que toca Eternal Flame. 

Confira:


Uma revista Despertai! de 1993 apresenta o que seria justificativas de um jovem para ouvir certa banda. O que segue é o exame que a revista faz de uma suposta justificativa.
Algumas músicas da banda são inocentes, incluindo certas baladas leves. O perigo nisso é que uma música inocente pode levar a pessoa a comprar e ouvir um álbum inteiro, a maior parte do qual talvez seja decididamente nociva. Assim como um copo de água não pode arrastar um monte de lama, uma ou outra música inocente não muda o espírito geral do álbum ou da banda degradante (Despertai! de 8 de junho de 1993,página 10).

Mas o que é isso? Nem a Torre de Vigia segue as próprias recomendações? 


Conheça melhor as Testemunhas de Jeová lendo o meu livro
Testemunhas de Jeová - o que elas não lhe contam?
Opções de download aqui

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Suicídio - caso 2

Há alguns anos, em algum lugar do Paraguai.



Conheça melhor as Testemunhas de Jeová lendo o meu livro
Testemunhas de Jeová - o que elas não lhe contam?

Opções de download aqui.